Localização e informações | Pergunte ao doutor | Recomendar

Bem vindo a gilbertoconde.com

"A Lei do Yin e do Yang é a ordem natural do universo, a fundação de todas as coisas, mãe de todas as mudanças, a raiz da vida e da morte. Para a cura é preciso compreender a raiz da desarmonia que está sempre sujeita à lei do Yin e do Yang."

Neijing, cap. 5

Introdução

Hoje em dia o espectro de doenças está a mudar. Um grande número de doenças é cada vez mais difícil de tratar e curar. Os efeitos secundários das drogas químicas cada vez mais complexas e mais fortes torna-se mais evidente criando novos problemas nos doentes por vezes tão ou mais graves que o problema inicial. Neste contexto as medicinas tradicionais vão ganhando cada vez mais interesse entre as populações. A medicina tradicional chinesa tem tido nos últimos anos um grande incremento em todo o mundo. Com um sistema teórico próprio estruturado e desenvolvido ao longo de milhares de anos de minuciosa observação dos fenómenos naturais e por uma extensa prática clínica, a medicina tradicional chinesa tem demonstrado a sua extraordinária vitalidade atuando de forma efetiva e eficaz em praticamente todas as áreas da saúde humana, ajudando na prevenção, tratamento e alívio de muitos dos problemas de saúde modernos, dos mais simples e comuns aos mais complexos e de difícil tratamento como sejam as doenças virais , doenças cardiovasculares, doenças auto-imunes, distúrbios do comportamento, senilidade, etc.

Fazem parte da medicina tradicional chinesa terapias como a tuina (massagem), qigong (exercícios fisicos e respiratórios), os suplementos à base de plantas medicinais e outras substâncias de origem animal e mineral (pílulas, infusões, decocções, unguentos) e a acupuntura e moxabustão (tratamentos com agulhas, ventosas, moxa…).

A acupuntura tradicional é o tema principal deste site aonde procurarei explicar, de uma forma simples e clara, os fundamentos e os métodos de diagnóstico e tratamento desta milenar “arte de curar”...

Venha daí!

"A fé e a dúvida são ambas necessárias - não como antagonistas, mas trabalhando lado a lado para nos levar ao redor da curva desconhecida."

Lillian Smith